Requisitos para remessa de substância biológica, categoria B (UN 3373)

Este manual descreve os requisitos para o transporte para a Chromosome®. Além disso, todas as remessas devem atender às leis locais, estaduais e federais que regem o empacotamento, a marcação e a etiquetagem. Sangue, urina, fluidos e outros espécimes que contenham ou possam conter substâncias infecciosas devem ser transportados de acordo com as regulamentações governamentais e da IATA (International Air Transport Association) e ICAO (International Civil Aviation Organization). Os clientes que enviam remessas de substância biológica, categoria B (UN 3373), devem cumprir as leis locais, estaduais e federais que regem a identificação, a classificação, a embalagem e a marcação de pacotes (que pode ser em forma de etiqueta). A Chromosome® adere estritamente às orientações da IATA, da ICAO e do governo dos EUA para materiais classificados como substância biológica, categoria B (UN 3373).

 

Requisitos gerais de embalagem

As remessas de substância biológica, categoria B (UN 3373), requerem material de revestimento para espécimes líquidos e secos. Você também deve incluir quatro camadas de embalagem:

1. Receptáculo interno impermeável primário. Use receptáculos primários feitos de vidro, metal ou plástico com um meio positivo de garantir uma vedação impermeável; devem ser providenciadas vedações com rolha ou braçadeira de metal; as tampas de rosca devem ser reforçadas com fita adesiva. Para amostras líquidas, o receptáculo primário não deve conter mais do que 1 L. Para amostras secas, o receptáculo primário não deve exceder o limite de peso da embalagem externa.

2. Material absorvente. Coloque o material absorvente entre os receptáculos primários e secundários, em quantidade suficiente para absorver todo o conteúdo de todos os receptáculos primários. Faz-se necessário material absorvente para as remessas de substância biológica, categoria B (UN 3373), que contenham líquidos. Os materiais absorventes aceitáveis incluem celulose, bolas de algodão, pacotes superabsorventes e toalhas de papel.

 

3. Receptáculo interno impermeável secundário.

Use um receptáculo secundário que seja à prova de vazamento para os espécimes líquidos ou à prova de peneiramento para os espécimes secos. Escolha somente recipientes secundários certificados pelo fabricante para substância biológica, categoria B (UN 3373), antes do uso.

Seu receptáculo primário ou secundário deve ser capaz de resistir, sem vazamentos, a um diferencial de pressão interna não inferior a 95 kPa na faixa de -40 °C a 55 ºC. Para evitar o contato entre os vários receptáculos frágeis primários, embrulhe individualmente ou separe-os dentro do recipiente secundário. 4.

Materiais absorventes aceitáveis



Receptáculos secundários impermeáveis aceitáveis

Receptáculos aceitáveis

Use uma embalagem externa resistente, composta por fibra corrugada, madeira, metal ou plástico, de tamanho apropriado para o conteúdo. As caixas de papel-cartão ou papelão não são embalagens externas aceitáveis. Limite o volume total das amostras líquidas a 4 litros e o peso total das amostras secas a 4 kg por recipiente externo. O tamanho mínimo do recipiente externo na menor dimensão externa geral é de 10 cm. Os pacotes completos devem ser capazes de suportar um teste de impacto de 1,2 m conforme determinado pelas regulamentações 6.6.1 da IATA. Antes de vedar a embalagem externa, você precisa preparar uma lista detalhada do conteúdo do pacote e anexá-la entre a embalagem secundária e a embalagem externa.


UN3373

O texto “Substância biológica, categoria B” deve aparecer em texto de 6 mm de altura na embalagem externa, adjacente à marcação de tamanho adequado, em forma de losango, como esta mostrada aqui. A marcação UN 3373 deve ser na forma de um quadrado em um ângulo de 45 graus. Cada lado do losango UN 3373 deve medir pelo menos 5 cm. A largura mínima da linha do losango deve ser de 2 mm e as letras e os números devem ter 6 mm de altura.



Requisitos de marcação de substância biológica, categoria B (UN 3373)

• Marque claramente “Substância Biológica, Categoria B” em texto com 6 mm de altura na embalagem externa, adjacente à marcação de tamanho adequado, em forma de losango da UN 3373. Se preferir, as marcações podem ser feitas na forma de etiqueta.

• O nome e o número de telefone de uma pessoa responsável devem estar anotados na embalagem ou no conhecimento aéreo.

• O nome e o endereço do remetente e do destinatário devem ser anotados na embalagem.

Ligue para nós

11 4561-2760

Atendimento especializado